Cooperativa Habitacional

O que é Cooperativa Habitacional?

Uma cooperativa nada mais é que a união de pessoas com um objetivo em comum, visando facilitar a execução dessa meta. No caso das cooperativas habitacionais, trata-se da associação para construção de um empreendimento imobiliário.

Para tanto, os cooperados investem seus recursos, por meio de contribuições mensais, sem intermediários e sem objetivo de lucro, o que permite a simplificação da aquisição, a não existência de juros e a transparência na construção e entrega dos imóveis.

É importante destacar que as cooperativas habitacionais podem desenvolver empreendimentos de médio e até alto padrão em excelentes localizações.

Vantagens de uma Cooperativa habitacional?

  • Como as cooperativas autofinanciadas funcionam por meio da contribuição coletiva e sem agentes externos, o cooperado não depende de bancos e do sistema financeiro de habitação para adquirir seu imóvel, o que traz diversas vantagens, sendo a principal a ausência de juros sobre o valor pago.


  • Outra vantagem da filiação em cooperativas é a redução das burocracias normalmente relacionadas à compra de imóveis, como análise de crédito, comprovação de renda e liberação de recurso de banco. Isso significa que para aderir, o interessado precisa simplesmente estar apto a pagar o plano de custeio do empreendimento.


  • A formação de cooperativas também facilita a viabilização das obras a preço de custo, uma vez que a cooperativa habitacional não visa lucro, e sim a construção e entrega de empreendimentos de qualidade.


  • Há ainda mais um ponto a ser destacado, que é a transparência de todo o processo. Por se tratar de um sistema linear (sem hierarquias entre cooperados), qualquer cooperado tem acesso às informações durante todo o período de associação, podendo ter o controle sobre a fatura e os gastos a qualquer momento.

Como funciona a Cooperativa Habitacional?

Existem instituições que prestam serviços de assessoria técnica às cooperativas habitacionais. Desde a constituição jurídica da cooperativa até a entrega das unidades imobiliárias, a empresa realiza a captação de interessados, o gerenciamento dos projetos, obras e contratos, além da gestão jurídica, administrativa e financeira.

O processo começa com a identificação de um terreno e posterior desenvolvimento do projeto do empreendimento imobiliário. A partir daí, é iniciado o processo de captação de associados, ou seja, pessoas interessadas em investir na construção daquele empreendimento apresentam a documentação necessária para adesão.

Somente ao atingir um número mínimo de cooperados (estabelecido previamente para garantia de viabilidade), as obras são iniciadas, com a devida aprovação de todos os órgãos competentes.

Os cooperados podem fazer o acompanhamento do andamento das obras e, à medida que as etapas do empreendimento ficam prontas, são realizadas assembleias de atribuição das unidades, momento no qual os cooperados escolhem sua unidade (via sorteio ou antecipação de parcelas – todos esses detalhes da entrega são apresentados desde o momento da adesão).

A escritura do imóvel será lavrada em favor do cooperado ao final da obra, quando todas as unidades estiverem concluídas. A escritura do imóvel será lavrada em favor do cooperado ao final da obra, quando todas as unidades estiverem concluídas.

Segurança na gestão

As Cooperativas são regulamentadas pela Lei nº5.764, de dezembro de 1971. Isso significa que existe uma regulmentação para todas as organizações desse segmento.

Fatores que influenciam para a entrega dos empreendimentos dentro do prazo e custo:

  • As obras só devem ser iniciadas com total regularidade junto aos órgãos públicos e com o número mínimo de cooperados com adesão confirmada;

  • Caso o cooperado não arque com as parcelas, há a possibilidade de substituição sem comprometimento do fluxo financeiro do empreendimento.

LinkInstagramLink